Como evitar as estrias?

 

As estrias são um estiramento excessivo da pele ocasionando seu rompimento, causando uma cicatriz na região. A região afetada é a derme que fica logo abaixo da zona superficial da pele. Nela se encontram as fibras de colágeno que contribuem para a sustentação da pele e as de elastina, responsável pela sua flexibilidade. Quando a pele sofre uma carga maior de sua capacidade de tensão, ocorre então os rompimento das fibras elásticas, ocasionando assim as estrias.  As causas para o seu aparecimento podem ser destacadas em três teorias: mecânica, endocrinológica e infecciosa.

A teoria mecânica afirma que o rompimento das fibras elásticas da pele pode ser ocasionada pela obesidade, pois o acúmulo repentino de células gordurosas no tecido adiposo pode contribuir para o estiramento da pele. Gravidez, puberdade (crescimento) e atividade física intensa também podem lesionar a derme;  a teoria endocrinológica afirma que através o uso de hormônios adrenais, corticais e de anabolizantes podem provocar o aparecimento de novas estrias; a teoria infecciosa afirma que pacientes após contraírem febre tifoide e reumática ou hepatite crônica apresentaram danos às fibras elásticas. E por fim predisposição genética pode também contribuir para o aparecimento de estrias.

As estrias rosadas são as mais recentes e sua coloração advém do rompimento de alguns capilares sanguíneos e vasodilatação. As brancas já são mais antigas, pois já ocorreu uma atrofia das células de colágeno e estriamento das células elásticas. Nas mulheres seu aparecimento é mais comum nas coxas, glúteos seios e barriga. Nos homens ocorrem com mais frequência nos ombros, braços e costas.

As estrias são consideradas lesões permanentes, mas existem muitos tratamentos que podem amenizar sua aparência.

 

Como evitar as estrias

A manutenção do peso ainda é a melhor forma de prevenção das estrias. Evite ganhar ou perder peso muito rapidamente para não agredir o tecido epitelial, principalmente na gravidez e na adolescência. É importante também manter a pele sempre hidratada utilizando cremes cuja composição incluam óleo de sementes de uva, amêndoas, macadâmia ou o ácido hialurônico. É recomendável e aplicar os cremes hidratantes logo após o banho, pois os poros da pele ainda estão abertos, sempre massageando a região.

Ácido Retinóico

acido retinoico estrias

O uso do ácido retinóico pode combater as estrias pois estimula a produção de colágeno, melhora a irrigação da derme, dando firmeza e renovação celular, reorganizando as fibras celulares. Mas o seu uso exige uma consulta ao dermatologista, pois é quem vai indicar a concentração e quantidade certa de ácido retinóico e também porque é considerado medicamento.

 

Tratamentos à Laser

laserterapia pele

Os aparelhos à laser ao emitir luz aquecem a região estimulando a produção de colágeno. Ele pode ser usado em todos os tipos de pele, tanto nas estrias brancas quanto nas avermelhadas. A luz infravermelha aumenta a temperatura da pele até 65°C, desagregando o colágeno existente para a produção de um novo, renovando a derme.

Novamente é imprescindível uma consulta ao dermatologista para avaliar quantas sessões são necessárias e qual potência no uso do laser. Seu uso indevido pode ocasionar manchas e queimaduras na pele. Os resultados aparecem somente após três meses do tratamento, quando ocorre a produção de colágeno induzido pelo laser.

Peeling

peeling quimico dermatologiasp

O peeling é uma boa opção para as estrias brancas e mais antigas sendo um método abrasivo, que elimina as camadas superficiais da pele e cuja finalidade é a regeneração da mesma. A microdermoabrasão (peeling de cristal)  utiliza cristais de sílica e alumínio que eliminam as camadas mais superficiais da pele, retirando as impurezas e estimulando novas fibras de colágeno e elastina.

Existem também várias opções de peeling químico que provocam a inflamação do tecido epitelial, destruindo as células envelhecidas, substituindo por novas, atuando assim na regeneração da pele.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.