Como tratar das assaduras de fraldas em bebês

Alguns bebês sofrem com assaduras, entretanto, não é normal, já que de acordo com os dermatologistas, este problema é chamado de “eczema das fraldas” ou “dermatite das fraldas”.

As assaduras ocorrem devido uma reação inflamatória do contato do bebê com a pele ocasionando a irritação. Em alguns casos isto acontece devido à fralda e outros não. Popularmente conhecido como alergia das fraldas, o eczema das fraldas deixa a entender que a fralda é a responsável pela alergia.

Desta forma, algumas fraldas podem causar sim, pois existem algumas que são produzidas com materiais que causam irritação na pele do bebê, porém, isso varia de acordo com cada pele, higiene, tempo de contato com urina e fezes e até mesmo a quantidade de troca da fralda, ou seja, quanto maior o contato é possível ocorrer à irritação.

Outra causa que podem favorecer o aparecimento de lesões na pele do bebê é a alergia as estas substâncias, porém é diferente da irritação. Geralmente as irritações são causadas em qualquer pessoa, mas aquelas que possuem a pele fina e delicada ou sofreram qualquer agressão e costumam ter as defesas danificadas.

Já a alergia acontece pelas substâncias que pode ocasionar alguma reação imunológica, por isto o fator não é a higiene, mas sim se a pessoa tiver alguma alergia à matéria prima da fralda.

A assadura na pele dos bebês

assaduras fraldas

Como sintoma a irritação ou alergia das fraldas, a assadura pode resultar em, vermelhidão, inchaço, descamação e até mesmo rachaduras na pele. Normalmente os sintomas são dor, ardência e pinicação, depois do contato com as substâncias agressoras.

Além disso, este problema pode ser ocasionado pelas fraldas descartáveis e até mesmo pela de pano, portanto, a de pano precisa ser lavada da forma correta e também ser enxaguada, caso isto não ocorra é possível irritar a pele do bebê e como consequência, causar alergias nos bebês com pele sensível.

Como evitar

Para evitar as assaduras é preciso:

  • Deixar o bebê sempre limpo e seco.
  • Lave suas mãos antes e após limpar o bebê.
  • Limpe atenciosamente todos os traços de fezes.
  • Não esfregue a pele do bebê, em alguns casos o sabonete líquido é recomendado, pois não tem atrito como o sabonete de barra.
  • Retive toda água das dobrinhas da criança.
  • Não deixe a criança úmida, troque as fraldas com frequência.
  • Observe o tipo da fralda (descartáveis ou de pano). As opções descartáveis precisam encaixar na cintura e pernas para não vazar.
  • Para os bebês de poucas semanas, use algodão prensado e soro fisiológico 0,9% para limpeza.
  • Use uma camada fina de creme na pele após a troca de fralda, em especial depois do banho e nas dobras e sulcos da pele.
  • Mantenha a higiene e troque as fraldas com frequência e nunca deixe a criança com fezes e urina nas fraldas.

Como cuidar das assaduras

Conforme os profissionais o tratamento da assadura muda conforme o caso, portanto, o médico irá orientar o melhor tratamento. Para não agravar procure um pediatra ou nos casos graves um dermatologista. Conforme o caso será usado medicações de uso local ou oral para amenizar a inflamação e melhorar os sintomas.

Caso não for tratado, pode acontecer infeção de fungos e bactérias, lembrando que, existem doenças semelhantes a assaduras como dermatite seborreica, deficiência de zinco e outras, portanto, na dúvida procure um médico.

Além disso, evite utilizar fórmulas caseiras para tratar assaduras, pois não são indicadas e pode ter substâncias irritantes. O ideal é usar pomadas para a pele do bebê que são aprovadas, para este tipo de uso, além de já terem sido testadas.

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.