Cuidados para evitar micoses

 

Micoses são infecções causadas por fungos que atingem a pele, os cabelos e as unhas. Ambientes onde predominam calor e umidade são os mais propícios para sua proliferação. Alguns fungos vivem em nosso corpo sem causar problemas, mas quando se reproduzem de forma desordenada podem causar danos à saúde.

Quando encontram ambiente úmido, calor e baixa imunologia no corpo, os fungos podem se proliferar podendo causar infecções. As micoses podem ser contagiosas, embora nosso corpo possua bactérias que podem combater a proliferação dos fungos.

Pessoas que fizeram muito uso de antibióticos podem estar mais propensas as micoses ou mulheres pós-menopausa também, pois o pH vaginal perde a acidez característica, capaz de combater os fungos.

SINTOMAS DA MICOSE

cuidados para evitar micoses

As micoses mais comuns são as frieiras entre os dedos dos pés, causando coceira e rompimento da pele. Unhas quebradiças ou com cor diferenciada pode ser sintomas de micoses. Também podem se apresentar com manchas vermelhas no corpo, principalmente nas dobras da virilha e axilas. Manchas brancas e escamação no tronco também podem ser sintomas.

Para o tratamento o uso de pomada, creme ou spray podem solucionar  problemas, mas em alguns casos é necessário o uso de remédio via oral. A princípio as micoses são simples de ser curadas quando tratadas.

Procrastinação no tratamento contribui para uma fissura maior, podendo causar infecções bacterianas, tornando o quadro mais complexo.

COMO EVITAR AS MICOSES

 

Os fungos se proliferam na pele quando há calor e umidade. Assim, alguns cuidados são necessários para evitar as micoses. Secar-se bem após o banho é muito importante, principalmente nos pés e dobras do corpo. Use roupas leves e confortáveis, preferencialmente de algodão, para que absorvam o suor do corpo.

Tecidos sintéticos não são recomendáveis pois podem desgastar a pele, tornando-se alimento para os fungos.

Outros fatores podem contribuir para o aparecimento das micoses, tais como trabalhar em ambientes muito quentes sem ventilação, andar descalço em lugares públicos e úmidos.

Não compartilhe roupas, chinelos ou objetos pessoais (como alicates de unhas) com outras pessoas, pois as micoses são contagiosas. Após o banho normal, de praia ou de piscina, evite ficar de roupa molhada, pois umidade favorece a proliferação dos fungos.

Abaixo segue mais alguns cuidados para se evitar as micoses:

–  evite andar descalço em saunas, praias e ambientes úmidos;

– evite praias onde frequentam animais, como cães e gatos, pois podem ser agentes contagiantes;

– procure alternar os uso dos sapatos, não utilizando-os por dias seguidos e lave as meias após o seu uso;

–   prefira também calçados arejados e largos.

PRINCIPAIS REGIÕES ONDE APARECEM AS MICOSES


Boca

O fungo cândida é o responsável pelo micose na boca, mais conhecida como sapinho. Sua aparência é de bolinhas brancas na boca ou fora dela. Também é muito comum aparecer nos intestinos e no órgão sexual feminino. Seu contagio pode ocorrer com fungos de outras pessoas ou do próprio corpo.

Couro cabeludo

Quando ocorre micoses no couro cabelo pode ocorrer queda de cabelo na região afetada, descamação e vermelhidão. O fungo responsável pelo aparecimento no couro cabeludo é a tinha.

Unhas

As micoses nas unhas podem ocorrem devido o uso de material de manicure e pedicure infectados. É muito importante que se faça uma boa esterilização dos materiais utilizados por terceiros. Se preferir, use um kit de unhas pessoal. Seu aparecimento é mais comum nas unhas dos pés. Quando ocorre micose nas unhas pode haver o descolamento da borda da unha, provocando uma maceração embaixo da unha e esta se torna oca.

Pés

A tinha também é a responsável pelo aparecimento de micoses nos pés, conhecido como pé de atleta. O tratamento é prolongado é faz necessário a aplicação de antimicóticos. Os pés devem  estar sempre arejados, para não haver acúmulo de suor. O uso de meias de algodão também é recomendável.

Virilhas

As micoses nesta região são conhecidas como tinha crural. O uso de roupas molhadas é um dos principais fatores para o seu aparecimento. Pessoas que praticam esportes estão mais vulneráveis para contrair micose nessa região. O tratamento se faz com antimicóticos por no mínimo duas semanas. Procure usar roupas bem secas e após secarem no varal passe ferro quente

Tronco e costas

O fungo responsável pelo aparecimento no tronco e nas costas é o pitiríase, ocorrendo descamação no tórax e nas costas. Aparecem como manchas brancas e podem ser tratados com antimicóticos. Conhecida como micose da praia, seu contagio na verdade não ocorre com a água do mar, mas através da água da piscina.

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.