Hanseníase: aprenda mais

A Hanseníase é causada pelo bacilo de Hansen, o Mycobacterium leprae. Este parasita ataca a pele e os nervos periféricos, porém, é possível que ele afete outros órgãos, como exemplo, o fígado, os testículos e os olhos, entretanto, não são hereditários.

Tipos de hanseníase

tipos de hanseniase

Tipos lepromatoso: com o aparecimento de másculas sobre a pele e nódulos infiltrados de tecido subcutâneo nos quais pulula o bacilo de Hansen.

Tipo tuberculóide: também caracterizado por másculas e infiltrações e onde se põe em evidência o grão lúpico por vitropressão, mas cujas lesões não encerram bacilos.

Tipo hanseníase nervosa: caracterizada por neurites e polineurites acarretada de atrofias musculares e ulcerações, mas as lesões cutâneas assumem menor importância que as formas precedentes.

Transmissão da hanseníase

hanseniase-bacilo-banner.jpg-514c2b0d4788c

A transmissão acontece por meio das vias respiratórias (tosse e espirro) de uma pessoa doente que não esta em tratamento, porém, é preciso frisar que a hanseníase não passa por itens pessoais. Mas qualquer pessoa em qualquer idade pode contrair a hanseníase.

Sintomas da hanseníase

cartaz-hansen-2014-final-curvas_baixa_1433512515

O sintoma da hanseníase pode incluir manchas, nódulos e alterações da sensibilidade térmica e dolorosa, causando atrofias musculares, além de corrimentos nasais, trazendo outros sintomas como mutilações e preconceitos e descrições.

Sobre a doença

Caracteristicas-da-Hanseniase-6

Causada pelo bacilo álcool-ácido-resistente, descoberto pelo médico e botânico norueguês Armauer Gerhard Henrvk Hansen (1841-1912), em 1874.

O Brasil é o segundo país com mais casos, mas a Índia, registrou mais de um milhão de casos, sendo assim, o Conselho Nacional de Saúde criou o projeto 2000, que utiliza os meios de comunicação para melhor informar à sociedade. O bacilo mycrobacterium leprae ataca a pele e os nervos, por isto com a medicação correta e comprimido, o risco de contágio cessa em 15 dias.

Desta forma, o período de incubação que varia entre três e cinco anos e a manifestação tem como característica manchas dormentes, de cor avermelhada ou esbranquiçada, em qualquer local do corpo, além de placas, caroços, inchaço, fraqueza muscular e dor nas articulações.

Com avanço da doença existe o aumento das manchas, além disso, os nervos ficam comprometidos e pode causar deformações em regiões, como nariz e dedos e dificultar a movimentação.

Diagnóstico da hanseníase

hanseniase

O diagnóstico é feito com avaliação clínica, além de exames de sensibilidade, força motora e palpação dos nervos dos braços, pernas e olhos. São feitos também exames laboratoriais, como a biópsia.

Os casos de hanseníase têm tratamento e cura, por isto é importante diagnosticar cedo, assim evita deformidades permanentes.

Tratamento

formas da hanseniase

Os medicamentos são gratuitos e não existe necessidade do isolamento do paciente, com o tempo o hanseniano pode desenvolver suas atividades normais, sem restrições.

O tratamento também é bastante eficiente, mas não deve ser interrompido, ele pode durar de seis meses a um ano e não deve ser abandonado caso o paciente apresente melhora dos sintomas, além disso, quando mais cedo for feito o diagnóstico, mais rápido é a cura. Caso não seja tratado ela pode causar incapacidades físicas, portanto é importante diagnosticar cedo.

Em todo caso as medidas preventivas incluem o pronto tratamento dos casos iniciais, o exame periódico dos contados domiciliares do paciente e a educação sanitária da população.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.