Psoríase: Mitos E Verdades

A psoríase é uma doença bastante comum, porém, muitas pessoas desconhecem sobre ela, diante disso, devido aos diversos mitos relacionados a doença, isto pode influenciar na qualidade de vida das pessoas que apresentam a enfermidade.

A psoríase é caracterizada por manchas vermelhas na pele, é inflamatória, crônica, autoimune e sua incidência genética ocorre em 30% dos casos.

Esta doença não é contagiosa e imunomediada, portanto, o organismo ataca a si e agride as células sadias. Atualmente cinco milhões de brasileiros são portadores da doença, por isto a cada ano 150 mil novo casos são diagnosticados.

Conforme dados da Food and Drug Administration (FDA), 200 milhões de pessoas no mundo sofrem com o problema de pele que ainda é visto com preconceito.

Sintomas da psoríase

psoriase vulgar

Os sintomas são lesões avermelhadas e descamativas, que pode rachar e até sangrar. Os joelhos e os cotovelos são atingidos, mas outros locais podem apresentar lesões.

Aprenda mais sobre a psoríase em nosso outro artigo.

Cuidados com a psoríase

As pessoas não sabem, mas os portadores de psoríase sabem que a época de sol e calor pode ser aproveitada como benefício, porém é preciso ter uma exposição solar controlada, principalmente nos horários adequados (antes das 10h e após as 15h) permitindo melhorar as lesões.

Em todo caso é preciso se expor da forma correta e prevenir contra as queimaduras solares, pois elas podem piorar a doença, portanto, protetor solar é sempre indispensável.


Dúvidas frequentes – Mitos e verdades

A psoríase é contagiosa?

Não, a psoríase não é contagiosa. Ninguém pega pelo ar, piscina, toalhas, ato sexual ou ao manter contato com a pele de uma pessoa com a doença.

O que pode agravar os sintomas?

Vários fatores podem agravar ou até desencadear a doença como o estresse físico ou psicológico, fatores externos como abuso de álcool, cigarro e coçar as lesões podem piorar a doença.

Para ajudar existem medicamentos injetáveis à base de cortisona ou tomados via oral que pode proporcionar uma melhora imediata, mas pode causar uma piora posteriormente.

Pacientes com psoríase devem seguir alguma dieta alimentar?

Sempre é recomendável uma dieta balanceada, rica em frutas, legumes e verduras, além disso, não existem restrições na alimentação do portador de psoríase.

Posso viver normalmente com a psoríase?

Sim, é possível levar uma vida normal, com lazer, atividades sociais, exercícios físicos, viagens, alimentação, vida profissional, e convívio social.

Existe cura para a psoríase?

Infelizmente, não existe cura para a psoríase, porém, a doença pode ser controlada, pois ela possui uma natureza multifatorial que implica em possíveis reincidências.

A psoríase? é transmitida de pai para filho?

Sim, pois ela é determinada pela genética e pode ser transmitida na linhagem familiar, porém, os filhos com de pais com psoríase podem não desenvolver a doença.

Já que a psoríase não tem cura, devo ficar sem medicação?

A psoríase pode ser controlada. O tratamento consiste em reduzir as crises com uma terapia que possa ser usada em longo prazo com segurança.

Pra cuidado utilize as substâncias calcipotriol e betametasona, além disso, existem medicamentos que combinam os dois princípios ativos, diminuindo a necessidade de muitas reaplicações (seu uso é de uma aplicação diária).

Além da maior comodidade, o calcipotriol e betametasona combinados atuam mais rapidamente e apresentam resultados mais efetivos que quando usados separadamente.

Cremes hidratantes ajudam na cicatrização ou apenas mascaram os sintomas?

Hidratantes melhoram a descamação e evitam as rachaduras. Os pacientes portadores de psoríase devem utilizar hidratantes potentes nas áreas lesadas.

Posso tomar banhos de imersão?

Sim. Isso ajuda a ardência e a coceira, assim como as estâncias hidrominerais proporcionam hidratação e desinfecção das lesões, além de exercer efeito calmante sobre a pele.

Para ter uma ideia, na região do Mar Morto (Ásia) existem clínicas voltadas a essa terapêutica, que cuidam da psoríase com exposição solar moderada e banhos de água salgada.

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.