Tratamento de celulite

 

O padrão de beleza exige que as mulheres sejam magras, altas, que tenham a pele firme e uniforme, sem celulite, mas a maioria das mulheres sofre com a imposição deste padrão. A verdade é que cada mulher tem sua beleza individual e não deve sofrer por não ter o corpo editado de capa de revista.

As celulites podem incomodar muito a autoestima de uma mulher, mas a motivação para preveni-las e tratá-las deve partir de dentro da própria pessoa e não devido a uma imposição social.

É natural que apareçam celulites na pele, pois é um fenômeno orgânico bastante comum. No entanto, seu aspecto incomoda em termos visuais, por isso este artigo explica tudo acerca de celulite e como tratá-la.

 

 

 

 

  • O que é celulite

O nome técnico da celulite é Lipodistrofia Ginóide, uma condição dermatológica cuja principal característica é o aspecto ondulado na pele, que afeta principalmente às mulheres, sendo muito raro em homens. Cerca de 98% das mulheres apresentam celulite após a fase da puberdade, é mais comum em mulheres porque elas possuem uma fisiologia mais flácida e com mais camada de gordura do que os homens.

Não se considera a celulite como uma doença, apenas uma condição que tem seu aparecimento relacionado à taxa de estrogênio e gordura. Pode-se classificar a celulite em diferentes graus, para avaliar se uma celulite é leve, moderada ou grave, são utilizados os seguintes critérios:

-Número de depressões;

-Profundidade das depressões;

-Elevações da celulite;

-Flacidez;

-Dor;

-Aspecto do nódulo endurecido.

 

 

 

 

  • Causas

dicas tratar celulite

O processo que ocorre no organismo para que apareçam as celulites está relacionado às células de gordura, isto é, os lipócitos, estes apresentam cavidades onde é depositado o excesso de gordura, que ocupa grande parte desta célula, mas o aspecto de depressão, isto é, os furinhos, derivam das fibras presentes nos lipócitos, estas fibras ligam o tecido adiposo à derme, causando um efeito de puxar a pele para baixo.

São diversos os fatores que contribuem com o desenvolvimento da celulite, entre eles está o fator hereditário, que inclui o sexo, o biótipo de corpo, a dinâmica da distribuição de gordura, o tio de metabolismo, histórico familiar; há ainda o fator comportamental que se refere aos hábitos que a pessoa mantém, como a alimentação, a ingestão de água, sedentarismo e por fim, os fatores hormonais, que incluem a gravidez, uso de medicamentos e desequilíbrio das taxas hormonais devido à alguma doença endócrina.

A má alimentação contribui como aparecimento de celulite no sentido da ingestão de alimentos gordurosos e com baixo valor nutritivo. Não significa que apenas mulheres obesas possam desenvolver celulite, pois é comum que mulheres aparentemente magras tenham maior proporção de tecido adiposo do que musculatura.

Beber muita água é importante para diversas funções do organismo, inclusive para prevenir a celulite, pois a água é capaz de melhorar o funcionamento renal e linfático, de forma que ajuda a eliminar toxinas.

O sedentarismo, por sua vez, contribui com o desenvolvimento da celulite, pois deixar de fazer exercícios físicos pode ajudar com o acumulo de gordura, além disso fazer alguma atividade física melhora a circulação e aumenta a massa muscular, que evita a inflamação das células adiposas.

Os fatores hormonais, finalmente, influenciam na inflamação da célula de gordura porque os hormônios femininos são capazes de direcionar mais gordura a ser acumulada. Durante a gravidez, este acúmulo de gordura ocorre como um mecanismo de proteção térmica e de impacto.

 

 

 

 

  • Sintomas

celulite tratamento

As áreas mais afetadas pela celulite são aquelas que mais possuem acúmulo de gordura, a saber: as coxas, as nádegas e os braços, mas podem ser encontradas nos seios e no abdômen.

São as pequenas depressões na pele que caracteriza a celulite, o aspecto de furos é muitas vezes descrito como “casca de laranja”, que, muitas vezes só pode ser visualizada quando a pele é comprimida, isto é quando a inflamação não esta ainda muito profunda.

Já nos casos em que o grau de profundidade está maior, já é possível perceber a ondulação e pode haver casos de grau ainda mais profundo, em que as depressões são maiores, dolorosas, endurecidas, sensíveis e com temperatura mais fria.

 

 

 

 

  • Como tratar as celulites mudando os hábitos

como tratar celulite dermatologia

O tratamento para prevenir ou diminuir as celulites constitui na mudança de estilo de vida, no uso de cremes e de procedimentos estéticos.

A mudança de hábito inclui melhorar a ingestão de água, praticar exercício físico regularmente e melhorar a alimentação. Quanto à alimentação, abaixo se encontram elencados alguns alimentos que têm ação anti-inflamatória, ricos em vitaminas, fibras e antioxidantes naturais que podem ajudar a prevenir e eliminar a celulite:

-Abacaxi: além de muita água, esta fruta contém a enzima bromelina, um anti-inflamatório natural;

-Água de coco: também previne e ajuda a eliminar, pois age hidratando e com isso, elimina toxinas;

-Chá verde: age como um antioxidante e diurético, é recomendado ingerir cerca de três vezes ao dia;

-Folhas verde-escuras: possuem aminoácidos que ajudam na recuperação e aumento da massa muscular, além de combater os radicais livres e tem ação antioxidante, exemplo: rúcula, espinafre, couve.

-Frutas laranjas e vermelhas: são ricas em vitaminas A e C, que também combatem os radicais livres e possuem beta-caroteno, importante para a saúde da pele.

Além dos alimentos a serem inseridos na rotina, há aqueles que devem ser eliminados definitivamente, pois podem contribuir com o acumulo de gordura, a saber: refrigerante, excesso de carboidratos de cadeia simples, frituras, carnes gordurosas, alimentos e temperos com muito sódio.

O mais indicado, portanto, é melhorar a alimentação, isto é, prevenir e eliminar de dentro para fora, através da nutrição das células. No entanto, há diversos tratamentos estéticos que podem contribuir.

 

 

 

 

  • Tratamentos de celulite

Outros tipos de tratamento para celulite incluem os produtos tópicos e os procedimentos realizados em clínicas de estética ou com o próprio dermatologista. É recomendável consultar-se com o dermatologista sempre que houver a intenção de realizar algum procedimento.

Os cremes podem ajudar no combate às celulites, mas não têm eficácia se seu uso não for aliado a uma rotina de exercícios e alimentação saudável. A eficácia dos cremes depende também dos princípios ativos e, ainda assim, nem sempre são eficientes nos casos em que a celulite já atingiu um grau mais profundo. Os princípios ativos que mais dão resultado são aqueles com efeito antioxidante, anti-inflamatórios e termogênicos, como chá-verde, cafeína, castanha da índia, proteínas, etc.

Já os procedimentos estéticos conseguem estimular a eliminação de líquido retido, o funcionamento renal ou atingir camadas mais profundas, isto é, a derme e o tecido adiposo.

A drenagem linfática é o procedimento que se propõe a drenar os líquidos retidos e estimula o sistema linfático para trabalhar de forma mais acelerada, eliminando as toxinas através da urina. Trata-se de uma massagem intensa em que se utilizam as mãos combinando ou não com aparelhos que aquecem a pele. Outra massagem associada é a modeladora, que se propõe a estimular a quebra de gordura, pois consegue modelar o tecido adiposo através dos fortes e rápidos movimentos.

Outro tratamento estético para celulites é a radiofreqüência, o aparelho utilizado é capaz de trabalhar a radiação eletromagnética em altafrequência, fazendo com que haja aquecimento das células, diminuindo as fibroses que repuxam a pele.

Outro procedimento que utiliza ondas é a lipocavitação, este utiliza as ondas sonoras do tipo ultrassom, que também possui alta freqüência, a qual penetra na camada de gordura abaixo da pele através do aparelho que repassa a onda.  Este procedimento é capaz de romper as células de gordura localizada, pois promove a agitação das moléculas devido à energia ultrassônica e consequentemente, elimina as celulites.

A criolipólise, por sua vez, utiliza baixas temperaturas, para congelar as células adiposas e assim serem destruídas, isto é, se rompem e são eliminadas. Dessa forma, este procedimento elimina o acúmulo de gordura e, consequentemente, as celulites.

A carboiterapia é um método conhecido, baseia-se em injetar dióxido de carbono com o objetivo de melhorar a circulação e oxigenação das células. No entanto, há uma controvérsia a respeito da eficácia deste procedimento, muitos dermatologistas recomendam e muitos outros preferem indicar outros métodos que tenham a eficácia comprovada na suavização de celulite.

A cirurgia a laser também é um método utilizado no tratamento da celulite, provavelmente o mais invasivo, porém seguro e eficaz. Seu funcionamento consiste na aplicação de anestesia na região afetada, em seguida são feitas duas incisões pequenas, nas quais são inseridas fibras óticas ligadas ao aparelho que, então, aplica o laser, quebrando os nódulos de gordura. Além disto, este procedimento estimula indiretamente a produção de colágeno, que promove elasticidade à pele.

 

 

 

 

  • Conclusão

O ideal é seguir uma dieta balanceada, manter um consumo adequado de água diariamente e praticar exercícios físicos. Ter estes hábitos aliados garante menos acúmulo de gordura e assim, de forma simplificada, evitam-se as celulites, além de melhorar a saúde como um todo.

No entanto, os tratamentos estéticos são bem-vindos e ajudam se aliados aos bons hábitos, pois de forma contrária, isto é, se os procedimentos forem realizados, mas a ingestão de alimentos gordurosos continuar sendo excessiva, os resultados não serão eficazes em longo prazo.

 

 

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.