Verrugas: o que fazer?

As verrugas são tumorações benignas de pele que ocorrem devido ao papiloma vírus humano (HPV). Este vírus apresenta um crescimento anormal e atingem as células da epiderme, assim elas são lançadas e formam as verrugas.

Normalmente o seu aspecto, seja a forma e tamanho possui ligação com vários tipos dos HPV responsáveis pela infecção.

Diante disso, pode ocorrer o contágio devido ao contato com pessoas ou objetos infectados por meio da auto inoculação, através dos pequenos ferimentos que são entradas para o vírus, além disso, também pode acontecer pela relação sexual ou via materno-fetal no momento do parto.

Outro caso é que os pacientes imunodeprimidos são vulneráveis ao aparecimento de verrugas causadas pelo HPV.

verrugas face

 


Classificação das verrugas

As verrugas podem aparecer em qualquer lugar do corpo, porém, sua classificação varia conforme localização e formato, sendo:

Verrugas vulgares

São comuns e no geral são lesões arredondadas ou irregulares, endurecidas e ásperas podem guardar alguma semelhança com o aspecto de uma couve-flor. No início, elas costumam ser claras, esbranquiçadas, com pontos escuros, mas podem mudar de cor com o passar do tempo.

As verrugas vulgares aparecem especialmente nas áreas expostas a maior atrito, como mãos, dedos, cotovelos, joelhos ao redor das unhas (verrugas periungueais), isoladamente ou em placas.  Apesar de a infecção ocorrer em qualquer idade, é prevalente na infância e na adolescência.

Verrugas planas

Sua principal característica é a confluência de múltiplas pequenas pápulas amareladas ou acastanhadas, de no máximo 5 mm, pouco proeminentes e mais macias do que as verrugas vulgares.

Elas surgem preferencialmente na face.

Verrugas plantares

As lesões dolorosas desenvolvem-se na planta dos pés e, muitas vezes, são confundidas com os calos. Sua área central irregular é circundada por uma camada endurecida da epiderme.

O peso que o corpo exerce sobre elas faz com que cresçam para dentro da sola do pé, o que provoca dor quando a pessoa anda. A confluência de verrugas menores pode favorecer a formação de placas que caracterizam as verrugas plantares em mosaico.

A presença de pequenos pontos escuros no centro das lesões sugeriu o nome popular de “olho de peixe” pelo qual também são conhecidas.

Verrugas filiformes

São lesões finas e alongadas que se projetam para fora da epiderme da face, pescoço, pálpebras e lábios especialmente nas pessoas mais velhas.

 Verrugas anogenitais ou condilomas acuminados

Essas verrugas podem ser precursoras de tumores malignos, como o câncer de colo de útero e de pênis. As lesões se formam nas mucosas das regiões genital, perianal, oral e na uretra.

São pápulas macias, rosadas e vegetantes, isto é, com a aparência de uma couve-flor, que podem unir-se formando blocos e ocupar áreas extensas.

Quando isso acontece, as lesões chegam a obstruir a vulva e o ânus e o quadro recebe a denominação de condiloma acuminado gigante de Buschke e Lowoenstein.


Sintomas

verrugas hpv na face

Com exceção das verrugas plantares, elas podem doer quando a pessoa caminha, chegando até a sangrar, e as anogenitais, que podem coçar, porém, elas podem ser assintomáticas.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito conforme e base o aspecto e localização das lesões.

Desta forma, é feito exames laboratoriais, como o Papanicolau, a colposcopia, e a biópsia para identificar os sorotipos de HPV e ter um diagnóstico diferencial com outras patologias.

Prevenção de verrugas

Como é possível transmitir vários sorotipos de HPV, por meio das verrugas anogenitais, por via sexual ou da mãe para o filho na hora do parto é essencial utilizar o preservativo para prevenção.

Já se ela for transmitida por auto inoculação, o correto é não coçar nem ferir as lesões para evitar que penetre na pele.

Tratamento

Algumas verrugas somem após um tempo, mas em alguns casos é preciso fazer uso local de medicamentos específicos que garante cauterização química, ou tratamento por meio de remoção cirúrgica das lesões por meio da eletro cauterização, crioterapia (destruição das lesões com nitrogênio líquido), laser ou cirurgia convencional em casos de câncer instalado.


Dicas gerais

O ideal é procurar um acompanhamento médico ao encontrar uma verruga, portanto, evite “machucar” o local, pois pode gerar infecções e reinfecções com consequências graves.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.